Qual o risco que o investir possui ao decidir investir em um fundo de investimento

Qual o risco de investir em fundos?

Publicado por

A estrutura em si

Uma preocupação recorrente de quem avalia investir em um fundo de investimento (seja ele de renda fixa, ações, multimercado, etc.) é entender exatamente quais os riscos envolvidos.

Explicamos no último artigo que a estrutura de um fundo de investimento é composta basicamente pela figura do gestor, administrador e custodiante. Todos os três são contratados pelo fundo para responsabilidades específicas – ou seja, o gestor, o administrador e o custodiante são na verdade prestadores de serviços para o fundo e seus cotistas – não incorrendo, portanto, em gerar uma exposição direta de risco ao fundo.

Em outras palavras o cotista está contratando terceiros para realizarem um trabalho. Se algum desses prestadores “quebrarem”, o fundo somente precisa encontrar outro prestador de serviço. Voltando ao exemplo do artigo anterior, é como se o diretor de vendas saísse da empresa, e agora os sócios precisam encontrar outro responsável para esta área. Claro que, na prática, este será um processo estruturado e supervisionado pelos órgãos competentes (CVM, Anbima, etc).

Quando um cotista investe em um fundo, o fluxo do dinheiro segue o seguinte caminho: ele sai da conta corrente do investidor para a conta corrente do fundo (empresa), e em seguida esse dinheiro será usado, de acordo com o direcionamento do gestor, para comprar os ativos que o fundo se propõe. Em um fundo de renda fixa, por exemplo, o dinheiro só poderá ser usado para comprar ativos desta categoria.

Para o cliente, portanto, o perigo está nos ativos finais que foram comprados (investidos) pelo fundo. Neste caso, os principais tipos de risco envolvidos são o de crédito e o de mercado.

Tipos de risco

O risco de crédito, como o nome já diz, é a incerteza associada a possíveis perdas caso a contraparte dê o famoso calote. Debêntures, CDBs, LCI/LCAs, CRI/CRAs… todos estes produtos possuem, em grau maior ou menor de segurança, exposição a risco de crédito. No Brasil este risco costuma ser subestimado e, por consequência, o prêmio de risco (remuneração do investidor) muitas vezes é reduzido. Os tipos de fundos que comumente tem maior exposição ao risco de crédito são Fundos de Renda Fixa e Fundos de Crédito (FIDC), embora outros tipos de fundos também possam ter exposição. É importante ressaltar que fundos não estão cobertos pelo FGC e não existe qualquer tipo de garantia de retorno para os cotistas.

O risco de mercado refere-se à oscilação de preços de ativos devido à mudanças de cenários. É o caso, por exemplo, da oscilação de preço de uma ação ou de um título pré-fixado. Como explicado no último artigo, o valor de um fundo equivale à soma do valor de todos os ativos investidos. Portanto, se o ativo oscila de preço, a cota do fundo oscila também. Usualmente os fundos com maior exposição à risco de mercado são os Fundos Multimercado e de Ações.

Existem fundos com os dois tipos de risco? Sim. Seria o caso, por exemplo, de um fundo multimercado que investiu 50% da carteira em ações e 50% em CDB’s.

Existe algum tipo de risco melhor que o outro? O tipo de risco e a forma de medição são diferentes, portanto não faz sentido uma comparação direta. Na nossa visão (Visia), preferimos risco de mercado, pois conseguimos medi-lo de forma mais direta – através da volatilidade e outras técnicas – olhando o comportamento histórico de preços. Medir o risco de crédito envolve um processo menos objetivo e faz-se necessário avaliar a empresa que emitiu o crédito, as garantias, entre outros detalhes. Ao fim, mesmo que se faça uma análise aprofundada desses parâmetros, ainda se incorre o risco jurídico da validade dos contratos do título, algo que não é presente nos ativos com risco de mercado.

Para se inscrever no Blog, clique aqui.

Para conhecer os fundos da Visia, clique aqui.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s